Dar Sempre Graças a DEUS em Tudo



Gosto particularmente deste belíssimo hino Cristão. É um dos meus favoritos. Carrega uma mensagem teológica bastante profunda e poderosíssima. A gratidão é uma das virtudes que não estão ao alcance de todos, infelizmente, tendo em conta a postura de ingratidão que minam as mentes mal-agradecidas. Ela excede, em larga medida, as mundividências redutoras da compreensão humana. É um hábito salutar que, de forma indelével, marca e caracteriza uma vida inteira. Está subjacente ao substrato identitário das almas piedosas, reflectindo manifestamente o seu carácter na forma peculiar de estar, relacionar e encarar os enormes desafios da vida. Habilita-nos, da mesma sorte, para a simplicidade das coisas e reiterados reconhecimentos perante os favores que vamos tendo por parte de DEUS e dos nossos semelhantes. 

A gratidão está associada – indubitavelmente – à satisfação, à alegria e à felicidade. Permite-nos olhar positivamente para a vida e estarmos penhorados a ela, independentemente das circunstâncias favoráveis ou adversas em que possamos estar adstritos. O facto de termos DEUS no coração, uma família de apoio incondicional e amigos especiais que nos circundam no nosso percurso diário neste “vale de lágrimas”, são motivos suficientes para sermos eternamente gratos. E, justamente, por isso, que a Palavra de DEUS nos encoraja a darmos sempre graças em toda e qualquer conjuntura, porque essa é a vontade de DEUS em Cristo Jesus para connosco (1 Tessalonicenses 5:18). E esta nobre postura de vida traduz, em última instância, a manifestação visível da perene felicidade.